A importância do encorajamento e da empatia na alfabetização



Você ainda lembra de como foi o seu processo de alfabetização? Consegue lembrar como se sentia? O que esperavam de você?


Os anos vão passando e vamos nos esquecendo de como éramos quando crianças, o fato é que todos nós independente da velocidade com que aprendemos em algum momento nos sentimos inseguros, isso também acontece com a criança. Vamos pensar assim, você sendo pai, mãe, cuidador ou educador gera na sua criança uma espécie de heroísmo, admiração, amor e importância, logo o que ela mais quer na vida é ser aceita e importante para você! Isso significa dizer que ela irá fazer de tudo para chamar sua atenção e claro atender suas expectativas.


Posso apostar que o que você mais deseja é o melhor para o seu filho, sendo assim tenho certeza de que sempre dará o seu melhor para ele. Acontece que por muitas vezes nosso desejo é tão grande que acabamos criando expectativas demais, e isso acaba gerando em nossos pequenos uma pressão inconsciente.


Devemos pensar que o processo de alfabetização é complexo, além de envolver muitas funções cerebrais, ele também necessita do desenvolvimento de habilidades sensoriais, ou seja a criança está desenvolvendo neste momento suas habilidades de coordenação motora fina, noção espacial, lateralidade, atenção, memória, percepção, emoção, entre tantos outros componentes, ela necessita assimilar e acomodar muitas informações para que aos poucos esse processo se torne o mais natural possível.


Agora me diga! Para que possamos aprender de forma segura, criativa e mais leve do que mais precisamos?

Encorajamento e empatia!


Se colocar no lugar da criança, entender e acolher seus medos, inseguranças, desafios, frustrações, tudo isso faz com que ela se sinta encorajada! Podemos olhar para os erros como oportunidades de aprendizado e não como fracasso… inclusive os nossos!


Encoraje sua criança a aprender um pouco a cada dia, perceba seus desafios e dificuldades e se coloque vulnerável para que ela veja como você enfrenta os seus até hoje!


Lembre-se sempre, nossos pequenos desejam pessoas reais!


Fernanda Oliveira

Pedagoga


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo