Autoconhecimento para educadores


Em uma sociedade onde a força, a punição e o desenvolvimento do intelecto eram considerados ferramentas chaves para o desenvolvimento humano, predominavam o medo, os dogmas, as verdades absolutas e a ciência. Porém, ao longo dos séculos, teóricos e pesquisadores lançaram um olhar sobre as questões emocionais do indivíduo, essas que antes eram “ignoradas” pela ciência, passam agora a ter um cuidado especial, uma vez que pesquisas revelavam sua importância no desenvolvimento humano e na aprendizagem. Visto que a violência é cada vez mais crescente em nossa sociedade, é notória a necessidade de uma compreensão maior a respeito das subjetividades dos seres humanos.


Controlar a violência através de métodos punitivos, não só, não resolve o problema em questão, como flama ainda mais esse tipo de comportamento, já que, o mesmo só tem aumentando em relação aos anos que se sucedem. É evidente que é preciso mudar os conceitos da educação, primeiramente rever a educação pessoal, e a partir desta, levar esses conceitos para sala de aula. Já não cabe mais ao educador repetir padrões sem ao menos questioná-los, é preciso um desenvolvimento crítico a respeito de si mesmo e reflexivo a respeito da sociedade e das pessoas com quem se convive. Entender e desenvolver as questões emocionais através do autoconhecimento se torna imprescindível para um alcance maior desse alunado, futuro adulto, atuante na sociedade, o autoconhecimento proporciona uma desmistificação sobre o que julgamos ser certo ou errado, e traz diferentes pontos de vista, atuando com respeito a cada singularidade do sujeito.


Baseado no autoconhecimento, o novo educador precisa aprender a desenvolver com seus educandos a empatia e o amor, para que ele possa ser o canal principal de comunicação entre ambos. Dessa maneira o aluno se torna próximo do seu professor, criando uma conexão onde identifica e reconhece as vulnerabilidades do mestre, e consequentemente cria-se uma identificação, o que faz com que o aluno se perceba capaz, e atue em um processo de mudança mais eficaz.


Quando o professor estreita os laços com seus alunos ele consegue acessar e modificar valores, crenças e dogmas, aprendendo a aprender diariamente a abrir mão de um olhar julgador, baseado nas próprias experiências, dando espaço a um olhar humanizado que acolhe e aprende com a experiência e escolha do outro. Trata-se de um processo continuo e trabalhoso, porém com evidências de grande sucesso e durabilidade maior que a momentânea, podendo desenvolver holisticamente indivíduos capazes de maior assertividade, sucesso e maior satisfação pessoal.


Quando educador e educando conseguem perceber que a aprendizagem é um processo holístico e que a todo o momento há um desenvolvimento mútuo, eles crescem e amadurecem em suas escolhas e em seu processo de aceitação consigo mesmo e com o mundo.


Fernanda Oliveira

Pedagoga

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CONTATO

NAVEGAÇÃO

© Instituto de Treinamento Auler Ltda. | CNPJ 25.289.131/0001-61 | Atendimento@institutoaulerkids.com.br | Tel.: (21) 98248-5430. 

Criação Brothers Design

Logo transparente.png